Conheça o Violino

piano1
Você sabia que o Piano tem mais de 6000 peças ?
4 de abril de 2016
piano-def1
Música além da visão
4 de abril de 2016

Conheça o Violino

violino1

O violino constitui o coração da orquestra. Pode soar triste e introspectivo ou vivo e brilhante. O violino como conhecemos hoje, surgiu na Itália durante a primeira metade do século XVI. Ele pertence a “família” das cordas, assim como a viola, o violoncelo e o contrabaixo. Todos eles possuem quatro cordas esticadas ao longo de uma caixa oca de madeira. As cordas são passadas pelo cavalete, alongando-se até as cravelhas. Mais de 80 peças entram na construção de um violino. A fabricação de violinos é uma arte complexa. A madeira, por exemplo, tem que ser exaustivamente selecionada, pois ela é um dos componentes que interferem na qualidade do som. Depois do instrumento pronto, são as camadas de verniz que definem o timbre do instrumento. Um verniz pouco espesso reduz a intensidade das notas mais agudas, e um verniz mais compacto lhes acrescenta brilho.  O som é produzido pelas vibrações das cordas. Quanto mais lentas forem as vibrações, mais grave será a nota. As cordas do violino produzem notas de alturas diferentes porque variam em espessura e tensão. As cordas mais grossas produzem sons mais graves e as cordas mais finas produzem sons mais agudos. Elas podem ser tocadas pelos dedos (pizzicato) ou, como é mais comum, passando o arco transversalmente sobre elas.

Você sabia que os mais de 200 fios do arco são feitos com crina de cavalo? A crina é impregnada com uma resina, o breu, para que se garanta a sua aderência nas cordas.

Alguns dos maiores violinos foram feitos durante o século XVII, sendo o maior de todos os de Antonio Stradivari. Seus instrumentos são até hoje a paixão da maioria dos músicos e custam verdadeiras fortunas.

A família dos violinos se localiza logo a frente do regente, seguido da seção de sopros e por último a seção de percussão. Eles tocam em dois grupos: os primeiros violinos, responsáveis pelo registro mais agudo da música – em geral a melodia – e os segundos violinos, que executam a segunda voz.

Pode-se aprender a tocar violino desde muito pequeno, através do método desenvolvido por Shinichi Suzuki, com o qual as crianças aprendem através da imitação da mãe. Ela será a pessoa na qual a criança irá se espelhar e desenvolver as suas habilidades musicais para mais tarde continuar os seus estudos sozinha. O método Suzuki se baseia na sua observação do modo rápido e natural como as crianças pequenas aprendem a língua materna. Para ele, através da ternura, paciência e, sobretudo, persistência, podemos tornar qualquer criança um ser completo.

No Conservatório Musical do Butantã as crianças começam a aprender violino a partir dos 4 anos de idade através do método Suzuki e de outros educadores musicais que vieram posteriormente e que também deram a sua contribuição ao ensino do instrumento.

 

 

Mônica Ajej

Psicóloga, pedagoga e educadora musical.

Diretora do Conservatório Musical do Butantã

Comments are closed.